0

Oraniyan, o filho de Ògún, Odùdúwà e Lakanjé

Casa de Oxumarê
24 de setembro às 23:24 ·Oraniyan

Ogun era um temido guerreiro que sempre viaja em busca de novas cidades. Ele viajava por meses e tudo que ele conquistava ele entregava para o seu Pai. Em uma dessas viagens, Ogun retornou com sete mulheres, uma delas era de uma beleza sem igual, uma mulher linda que encantava, o seu nome era Lakanje.

Essa mulher era tão bela, tão fascinante que Ogun resolveu não apresentá-la ao seu Pai, Oduduwa, o grande senhor de Ifé. No entanto, algumas pessoas foram ao grande Rei de Ifé, lhe comunicar, que seu filho, Ogun, estava escondendo dele uma mulher que ele havia trazido da última viagem.

Ao receber a notícia, Oduduwa imediatamente mandou chamar Ogun. Furioso, questionava o filho sobre a mulher que ele havia trazido e que estava escondendo de todos e, principalmente dele, o seu Pai.

Ogun, com medo do seu Pai, a única pessoa que ele verdadeiramente temia e respeitava, trouxe a bela Lakanje para apresentar ao seu Pai, mas não avisou que ele Ogun, já tinha afeto por ela e que já estavam se relacionando.

Oduduwa ao ver a beleza de Lankanje imediatamente a tomou como sua esposa, que ficou grávida. Decorridos nove meses, Lakanje teve um filho. Quando a criança nasceu todos ficaram espantados, pois a criança era metade negra e metade branca. Na verdade, essa criança era filho de Ogun e Oduduwa, Ogun negro e Oduduwa branco.
Essa criança foi educada pelos dois, Oduduwa e Ogun, aprendendo com ambos os mistérios da vida e dominando a arte da Guerra. Essa criança era Oraniyan, que anos depois tornou-se um guerreiro valente, tornando-se o fundador do reino de Oyo. Oraniyan é filho de dois pais e carrega em si, as características de ambos.
Que Osumare Araka Continue Olhando e Abençoando Todos!!!
Casa de Osumare
Ogun era um temido guerreiro que sempre viaja em busca de novas cidades. Ele viajava por meses e tudo que ele conquistava ele entregava para o seu Pai. Em uma dessas viagens, Ogun retornou com sete mulheres, uma delas era de uma beleza sem igual, uma mulher linda que encantava, o seu nome era Lakanje.

Essa mulher era tão bela, tão fascinante que Ogun resolveu não apresentá-la ao seu Pai, Oduduwa, o grande senhor de Ifé. No entanto, algumas pessoas foram ao grande Rei de Ifé, lhe comunicar, que seu filho, Ogun, estava escondendo dele uma mulher que ele havia trazido da última viagem.

Ao receber a notícia, Oduduwa imediatamente mandou chamar Ogun. Furioso, questionava o filho sobre a mulher que ele havia trazido e que estava escondendo de todos e, principalmente dele, o seu Pai.

Ogun, com medo do seu Pai, a única pessoa que ele verdadeiramente temia e respeitava, trouxe a bela Lakanje para apresentar ao seu Pai, mas não avisou que ele Ogun, já tinha afeto por ela e que já estavam se relacionando.

Oduduwa ao ver a beleza de Lankanje imediatamente a tomou como sua esposa, que ficou grávida. Decorridos nove meses, Lakanje teve um filho. Quando a criança nasceu todos ficaram espantados, pois a criança era metade negra e metade branca. Na verdade, essa criança era filho de Ogun e Oduduwa, Ogun negro e Oduduwa branco.

Essa criança foi educada pelos dois, Oduduwa e Ogun, aprendendo com ambos os mistérios da vida e dominando a arte da Guerra. Essa criança era Oraniyan, que anos depois tornou-se um guerreiro valente, tornando-se o fundador do reino de Oyo. Oraniyan é filho de dois pais e carrega em si, as características de ambos.

Que Osumare Araka Continue Olhando e Abençoando Todos!!!

Casa de Osumare